CÂMARA 15 MINUTOS: Entrevista com a vereadora Celiza Fanton Bollini

A entrevistada do Câmara 15 Minutos de hoje, foi a vereadora Celiza Fanton Bollini. O programa teve como destaque o Projeto de Lei 11/2017, de sua autoria, que começou a tramitar pela Câmara Municipal na sessão de ontem.

A vereadora aproveitou o momento para detalhar mais sobre o projeto, que tem como objetivo principal dispor sobre a regulamentação do uso de edículas no município de Bariri. “Foram realizadas muitas reuniões para chegarmos até esse projeto, pois é uma problemática muito grande. Foi uma solicitação do Conseg, do Conselho Tutelar, de representantes do Ministério Público, da Polícia Militar e da população em geral que sofre com esse problema”, comentou Celiza.

Alertou também, que não é somente a cidade de Bariri que está enfrentando essa situação, mas que as cidades vizinhas também. “Hoje, a maior parte das edículas estão localizadas em bairros residenciais. E o objetivo desse projeto que nós esperamos ser aprovado pela Câmara, é regulamentar essa situação, pois os munícipes estão sofrendo com a perturbação do sossego e com a poluição sonora sem limites”, argumentou a vereadora.

Para que essa regulamentação aconteça, Celiza explicou que o foco é que o poder público tenha critérios semelhantes ou iguais às edículas como em outras atividades comerciais, que seriam salões de festas, boates e outros. “A locação terá de ter uma documentação específica, que será responsabilidade do proprietário da edícula e isso implicará em uma maior segurança para todos os envolvidos”, completou.

A vereadora aproveitou para ressaltar que o proprietário que não se adequar aos requisitos da Lei, será notificado pelo setor competente e terá como penalidade multa no valor de 200 Ufesp, que aumentará em caso de reincidência.

Outro assunto abordado foi sobre uma reunião realizada no dia 02 de setembro, com o Projeto Fruto Urbano, na Câmara Municipal de Bariri, com o intuito de motivar e conscientizar a população para o plantio de árvores frutíferas na cidade. “O Fruto Urbano é um projeto que realiza trabalhos voluntários. Eles quiseram vender a ideia aqui na cidade e Bariri a comprou, é um incentivo para uma mudança na população, para que ela preserve a natureza, o ecossistema, o bioma, porque todos sabemos que no cerrado, que todo o Estado de São Paulo faz parte, muitas árvores e plantas estão em extinção”, comentou Celiza.

A Prefeitura Municipal de Bariri comprou 600 mudas de árvores frutíferas para que a população realize o plantio e fornecerá a manutenção dos pomares. “Nessa reunião nós tivemos o apoio total da Prefeitura. Todos os participantes abraçaram a ideia e o primeiro plantio dessas mudas, será no dia 01 de outubro, na Praça da Juventude, às 8h”, completou a vereadora.

Celiza aproveitou o momento para comentar sobre a exposição de telas que sua mãe está realizando. “A exposição está sendo no Mario Fava e essa iniciativa é um resgate das pessoas da terceira idade que tem talentos escondidos. Eu vejo essa exposição como a valorização da pessoa humana”, salientou.

Abordou rapidamente também sobre uma visita ao Prefeito de Itapuí, o Toninho, para que juntos solicitem recursos à deputados federais. “Nessa oportunidade o deputado que solicitei uma emenda parlamentar de 250 mil reais para infraestrutura, foi o Ricardo Izar. Acho importante que a população veja o nosso trabalho e que estamos em busca do melhor para Bariri”, finalizou Celiza.

 

Data da publicação: 19/09/2017

Texto e foto: Assessoria de Imprensa e Comunicação da Câmara Municipal